terça-feira, dezembro 18, 2012

Instagram

Nunca gostei muito do Instagram. Se calhar até gostaria, se tivesse perdido o mínimo de tempo a tentar perceber aquilo, mas a verdade é que instalei, não atinei com o propósito e desisti. Eu quando tiro uma foto e quero partilhar com alguém, partilho a foto diretamente no Facebook, por mail, por MMS, Blogger, Dropbox ou outras clouds, etc. O Instagram serve propriamente para quê? Para ver os álbuns dos outros? Cheios de fotos de sushi, cupcakes, outfits do dia, tudo com efeitos amarelados e nublados? Não me convence. E agora muito menos. O Instagram (recentemente comprado pelo Facebook) resolveu sem mais nem menos mudar as políticas de privacidade e vai poder vender os dados dos utilizadores (incluindo as fotos!!!) a terceiros, para efeitos de publicidade dirigida e outras "vantagens". A verdade é que mesmo no Facebook as nossas fotos nunca estão a salvo. O ano passado, a caminho do SBSR tirei uma foto à mão da minha amiga Daniela (oi Dani!!) a segurar uma Super Bock enquanto com a outra segurava o volante do carro (estávamos paradas na fila, atenção!) e meses depois vejo, num perfil de uma rapariga que não conheço de lado nenhum, amiga de amigos de amigos, a mesma foto, com não sei quanta gente marcada. Achei um abuso. Mas o Instagram fazer isso, à descarada e "legalmente" acho um abuso ainda maior.


10 comentários:

JustKeepSmile disse...

É realmente um abuso,nunca gostei disso...

Teaser Flor disse...

Na internet á muito pouca coisa em que se consegue privacidade!

*

Teaser Flor disse...

há*

Anónimo disse...

top [url=http://www.001casino.com/]casino online[/url] hinder the latest [url=http://www.realcazinoz.com/]free casino bonus[/url] free no store perk at the chief [url=http://www.baywatchcasino.com/]free largesse casino
[/url].

http://diva-gar.blogspot.com/ disse...

Concordo plenamente e já cancelei a minha conta do Instagram... e no Facebook já me estou a preparar para apagar 90% das fotos... se calhar tarde de mais...

Anónimo disse...

Será que se vai assitir a um suicídio em massa das fashion bloggers?

stantans disse...

eu gosto imenso do instagram. o propósito é o mesmo das outras redes sociais, mas nesta só se partilham fotos. quando não tenho nada que fazer entretenho-me a ver fotos de todos os cantos do mundo (não costumo ver fotos de sushi nem de outfits, felizmente)

S. disse...

Eu adoro o instagram desde o principio! Achei o conceito de rede social so de fotografias muito cool mas com esta nova politica estou a considerar abandonar...nao que as minhas fotos sejam profissionais (tambem nao sao outfits ou cupcakes) mas sao minhas!
Uma desilusao...

Daniela disse...

Eu não sabia disso! Quer dizer sempre imaginei que seria mais fácil ficar conhecida por conduzir com minis na mão do que por fazer diagnósticos brilhantes e salvar pessoas... Ainda bem q só apareceu a minha mão!

Imperatriz Sissi disse...

Nunca percebi para que serve mais essa engenhoca, as imagens ficam muito estranhas e se não estava convencida, agora ainda fico menos. Não digo desta água não beberei, mas é como diz o post, já há tantas redes sociais e meios de partilhar coisas que não entendo bem a piada.