quarta-feira, novembro 28, 2012

Olá, não te curto mas... vamos ser amigos?

Não percebo por que raio é que pessoas que andaram comigo 3 anos no liceu, que não me gramavam muito naquela altura, que já não me veem nem falam desde o dia do último exame nacional, há mais de 12 anos, portanto, vêm agora enviar-me convite de amizade no Facebook, como se sempre tivéssemos sido grandes amigas, como se nos falássemos normalmente, como se nos tivéssemos lembrado da existência uma da outra nesta dúzia de anos (eu não tinha, pelo menos).

É que com aquelas pessoas com as quais eu quis manter o contacto, eu mantive e mantenho, muito antes de haver Facebook e muito depois (o que também não foi muito difícil, tendo em conta que lá na minha cidade(zinha) natal a malta da minha idade junta-se toda no mesmo café - que está cada vez mais giro - há mais de 20 anos, coisa que as pessoas das cidades grandes nunca irão perceber). O Facebook não me serve para ver se a pessoa X engordou ou emagreceu, se está solteiro ou casado, se o bonzão do liceu que nos deu um fora deu em bêbedo ou se a Miss Liceu agora é mãe de 5 filhos e parece a Miss Piggy. A mim serve-me para brincar, para dar a conhecer ou descobrir novas músicas, filmes, séries, partilhar imagens engraçadas, ler notícias e ver "as modas". E podem dizer-me que tenho lá pessoas com quem nunca estudei, com quem nunca fiz visitas de estudo, algumas (principalmente bloggers) até nunca vi ao vivo, mas sejam amigos do peito, sejam colegas de trabalho que não posso recusar (mas que estão na listinha do "restrito", aí uns 80%), sejam bloggers que eu adoro e com quem tenho afinidade, seja o restaurante Y que eu uso para ver os pratos do dia, a verdade é que quem lá está, está por um motivo e assim continuará a ser.

13 comentários:

Rosa Cueca disse...

Dibs na blogger-afinidade! :P

kiss me disse...

;)) (exactly - eu sei que não gostas de coisas em inglês no meio das frases mas pronto, não resisto)

Ponto pequeno disse...

É isso e os grupinhos de escola. Se na altura em que tinha de gramar com aquela gente todos os dias não o fazia por gosto, por que é que agora que posso manter-me afastada hão-de partilhar à força comigo os jantares de Natal e as caminhadas ao parque?

Whitesoul disse...

Eu tenho uma teoria, porque tb tenho personagens desses a pedir amizade no FB!! Eles só querem é vasculhar (ou tentar vasculhar) a nossa vidinha todoa.
A esses além de recusar o pedido, aviso que não os conheço de lado nenhum e ficam automaticamente de voltar sequer a reenviar pedido de amizade ou ver o que quer que seja!!

Brandie disse...

Eu não acho nada disso. Mal de nós se continuássemos com aquela mentalidade do 12º. Eu aceito os pedidos, penso que as pessoas são diferentes, passaram por outras experiências e olham aqueles tempos com outros olhos. Eu pelo menos faço isso. Não levo a peito o que naquela altura levava. Estou nos 30 e isso já diz muito:)

medusa disse...

Concordo com a WhiteSoul, a maioria só quer bisbilhotar! Ëu não aceito ninguém que não considere amigos...não quero partilhar as minhas coisas com pessoas que ne realidade nem sei quem são

Whitesoul disse...

Bom eu estou nos 35, será que isso ainda diz mais? Além disso se não eram meus amigos na altura, nunca foram, nunca quyiseram saber durante anos, pq raio agora querem ser amigos?? e no FB?? Por favor... isso não é amizade, mas isso sou eu que penso assim, podem e existem com toda a certeza opiniões differentes, e ainda bem :)

Anónimo disse...

E há amigos no FB? Mais de 90% são conhecidos ou nem isso.Quem é que tem 100, 200, 500 ou 1000 amigos?

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Sofro do mesmo. Um dia destes foi a ex-mulher do meu irmão (com quem não falo há anos e quando a vejo ela desvia a cara) que me enviou um pedido de amizade. Há gente hilariante por aí...

Beijos

stantans disse...

eu não levo isso a sério, se querem ser meus amigos, que sejam. também não ponho nada de relevante no facebook, aliás é cada vez mais raro lá estar

JustKeepSmile disse...

Ahah mesmo para rir :b

Tolan disse...

Eu concordo ali com a Brandie. Eu até sinto isso face a amigos de universidade com quem nunca tive afinidade nenhuma especial... agora parecem-me todos mais interessantes e só passaram 10 anos. Mas admito a minha curiosidade, gosto de saber como é que eles estão, se estão bem etc. Sou uma costureirinha é o que é.

kiss me disse...

Confesso que já descobri muitas mais coisas em comum com colegas da faculdade com quem na altura não convivia muito e com quem tenho mais afinidades do que com as minhas amigas mesmo daquela altura, que agora já não têm nada a ver comigo.