quarta-feira, março 31, 2010

Eu falo falo

Mas a verdade é que eu quando estou chateada com alguém ou alguma coisa também descarrego um bocadinho nas pessoas que me são mais próximas. Pronto, na minha mãe só. Mas lá está, é minha mãe, já aturou coisas bem piores do que maus humores, inclusive já me limpou as fraldas (e na altura não eram descartáveis, atenção), que imagino que seja coisinha bem pior do que receber uma resposta torta. Aliás, conhece-me desde que nasci, não é um estranho qualquer que trabalha para mim ou comigo. E posso até ser nojentinha mas 5 segundos depois lá estou eu, rabinho entre as pernas, a dar beijinhos e a pedir desculpa por ser tão chata. Vale-me a mim que me chateio muito poucas vezes. E a ela, que só me vê dois dias por semana. 

13 comentários:

Daniela e Yolanda disse...

Às vezes não há como evitar mas o mais bonito está depois, quando pedimos desculpa.
O pior é que muita gente não consegue e muitas vezes nem sabe como o fazer =/

Beijinhos*

Brandie disse...

Faço isso com a minha mãe e arrependo-me tanto!!!!

Rosa disse...

Eu sou sempre querida. Mas de quando em quando meto férias disso e deixo vir ao de cima a menina ressabiada que existe em mim.

Kikas disse...

a minha mãe nisso não se pode queixar nadinha! não é que eu não descarregue nela, porque descarrego e muito. mas ela faz o mesmo umas vinte vezes mais!

Mimicos da Mimima disse...

Se você quer saber, um filho nunca magoa sua mãe! Mesmo porque nós sabemos quando a bronca não nos pertence, então, aproveita muito a tua mãezinha aí ao lado!
Abraços do Brasil

a Gaja disse...

As mães aguentam com cada coisa. Sem querer que acaba por pagar muitas vezes é a minha mãe mas nós já nos entendemos assim...

Last Angel disse...

Por vezes também faço isso com a minha mãe, mas fico pior do que estragada e depois quando olho para aqueles olhos azuis tristes, dá-me vontade de bater em mim própria. Dou-lhe logo mil beijos e abraços. Eu sei que ela me perdoa, mas acredito que a mágoa que lhe provoco seja enorme. Não volto a fazer o mesmo. beijinhos.

Susana Catarino disse...

como eu te entendo:P
*

Amélie disse...

Há dias assim... Ás vezes acontece-me exactamente o mesmo e também são poucas as pessoas que levam o meu mau-humor (mãe e namorado e... humm... o meu blog também leva, mas esse não é uma pessoa)
Beijinho

tanya disse...

As mães aturam quase tudo, são as melhores!

Anónimo disse...

Sabes, eu sou quase assim, e por isso é que ás vezes as pessoas nao gostam de mim, chamam-me bruto...enfim, feitios, não defeitos ;)

http://empregadodesempregado.blogspot.com/

Moi Même disse...

Eu também.
O pior é que não é só com a minha progenitora.

KK disse...

A mim acontece-me o mesmo. Ás vezes lá mando um berro à minha mãe e afinal a culpa nem é dela. Depois fico a sentir-me mal :S

Ou então acontece o mesmo com grandes amigos :S
Eu costumo avisa-los, se eu "rebentar"... segurem-me!