quarta-feira, novembro 25, 2009

E por esta declaração de amor (mas não só) este é um dos meus livros preferidos

My great miseries in this world have been Heathcliff’s miseries, and I watched and felt each from the beginning: my great thought in living is himself. If all else perished, and he remained, I should still continue to be; and if all else remained, and he were annihilated, the universe would turn to a mighty stranger: I should not seem a part of it.—My love for Linton is like the foliage in the woods: time will change it, I’m well aware, as winter changes the trees. My love for Heathcliff resembles the eternal rocks beneath: a source of little visible delight, but necessary. Nelly, I am Heathcliff! He’s always, always in my mind: not as a pleasure, any more than I am always a pleasure to myself, but as my own being. So don’t talk of our separation again: it is impracticable.


Wuthering Heights (ou como é mais conhecido entre nós O Monte dos Vendavais, de Emily Brönte)

9 comentários:

Polly disse...

ooh, que romantico!
=D

admirador secreto disse...

Brilhante!
Confesso que não li o livro, mas fiquei com vontade...pode ser que receba como prenda de Natal!

Por falar nisso...gostava de te oferecer isto no Natal:
http://clix.expresso.pt/hoteis-para-viver-os-sete-pecados-mortais=f549473

Beijiticos!

JM disse...

Ainda bem que o amor não se explica*

http://palavreadoinutil.blogspot.com

Cachecol do Pintor disse...

oh...o amor o amor o amor

Cachecol do Pintor disse...

oh...o amor o amor o amor

guess disse...

e que retiras desta história? que o amor conduz inevitavelmente a uma sucessão de desencontros, injustiça e dor? que quando temos alguém sempre em nós nada mais nos espera senão o desassossego, o sofrimento e a humilhação?

Paula disse...

Tb é um dos meus livros preferidos - mas em Inglês - pq em Port perde-se um bocado!
Gosto muito das irmãs Brönte!!

Fuschia disse...

Adorei adorei. É um bom livro a reler.

Ana D disse...

Ando a ler esse livro :)