quarta-feira, dezembro 27, 2006

Expliquem-me como se eu fosse muito burra


8 comentários:

tatoia disse...

quando tiveres a casa imunda e estiveres cheia de fome, sem ninguém a quem recorrer, a tatoia explica-te tudinho :P

Bolacha Maria disse...

Nem tudo o q é gaija tem q ter talento para dona de casa! (quem me dera às vezes não me sentir tão sopeira..)

Freak disse...

Feminismo exacerbado.

Morgana disse...

Oi! em relação ao que me perguntaste no meu blog. Não sei se a festa será fixe. Nunca lá fui nesse dia. Penso até que deve ser a 1ª vez q lá fazem passagem de ano. Mas já lá fui à festa medieval e à festa da cerveja e achei piada... beijocas

Metz disse...

Ja me conheces e sabes que nao pode ser nem 8 nem 80....o meio termo é o ideal..o problema é q nc se encontra o meio termo desejado :P

Bjoka!!

Jaime disse...

Falta washing. :-P

Jaime
www.blog.jaimegaspar.com
... e no entanto volto cá sempre!

Ebora disse...

Uma coisa é certa. Uma mulher que saiba cozinhar é outra loiça. A chamada conquista de cozinha. É claro que não basta saber fazer um jantar de chorar por mais... mas é uma vantagem em relação a muitas.

doceKin disse...

Ñ tem a ver com feminismo, há pessoas com vocação para tudo, aquela é algo com o qual ñ fui abençoada.
Estou ctg kiss me