quinta-feira, abril 13, 2006

Medos

Fui intimada pela pipoca mais doce do mundo dos blogs e arredores (lol) para partilhar os meus medos com a comunidade bloguista.

Ora cá estão eles, e preparem-se para uma experiência aterradora (ou não!!!).

1º Tal como quem me "intimou" para participar nesta corrente, também tenho um medo de morte de ir ao cabeleireiro. Bem, não é bem de ir lá fazer qualquer coisa, é de cortar o cabelo. Pelo que a minha mãe me conta eu nunca fui daquelas criancinhas que mal vêem uma tesoura na mão daquelas senhoras de bata branca começam logo a chorar desesperadas, mesmo antes do objecto lhes tocar no cabelo. O meu trauma começou aos 12 anos. Um dia lá fui eu com o meu cabelito lisinho à cabeleireira, para cortar apenas uns 2 centimetros... Acontece que a bruxa má desta história (a minha mãe, diga-se) piscou o olho à bruxa má 2 (a cabeleireira) que me cortou a juba por baixo das orelhas, curtíssimo. Desde aí o meu cabelo nunca mais foi o mesmo. Deve ter pensado: "ai é, cortaste-me, então toma, nunca mais vou ser bonito, quando o quiseres liso vou encaracolar e quando o quiseres encaracolado, vou ficar liso. Escusado será dizer que eu própria também nunca mais fui a mesma... enfim, Pipoca, porque é que me fizeste lembrar este episódio triste da minha vida???


2º Passando ao segundo medo, a coisa mais previsível do mundo visto que sou tipicamente feminina: tsharaaan...medo de insectos. Mas o que me distingue é que a maior parte das pessoas tem nojo, acha horrível quando vê uma aranhita e mata-a logo, etc. Eu não, eu não tenho simplesmente medo, aquele medo que se tem ao ver um cão a rosnar na nossa direcção ou até que teria caso visse um tigre esfomeado à minha frente. O que eu tenho é pânico!!! Fico completamente imobilizada ao ver uma aranha ou uma centopeia (baratas não sei porque nunca vi nenhuma), não me consigo mexer nem tirar os olhos da bicha (a aranha ou centopeia) até que alguém chegue a casa para me "salvar" daqueles pequenos monstrinhos.


3º Passando a coisas mais sérias, visto que sou professora e que tenho que concorrer, tenho medo de ficar colocada numa escola num bairro daqueles do pior. É que eu gostei muito de dar aulas, dos meus alunos, da escola, mas eu estava na escola mais jet do Porto, onde por todo o lado se viam alunos giros, bem vestidos, educados. Os meus tinham 17 anos e muitos tinham 1,80m mas eu sabia que nenhum me ia dar uma cacetada só porque os mandei calar. É um filme recorrente na minha cabeça: eu a dar aulas no bairro do Cerco no Porto, onde a média de idades de uma turma do 7º ano é 18 anos, expulsar o Fábio Alexandre ( o aluno mais grandalhão da turma), ele cuspir na minha cara e dizer que sou uma p***, sacar da navalha e dar-me não sei quantas facadas... já estou a ver... eu prestes a morrer e as minhas últimas palavras serem "Fábio..eu retiro a falta disciplinar...".


4º Tenho medo de ter que ser operada, levar anestesia geral, fechar os olhos e todos pensarem que estou a "dormir" mas eu estar a ouvir e a sentir tudo mas sem me conseguir mexer. Este meu medo tem a sua razão de ser.. já aconteceu isso ao meu avô, se bem que só por um minuto, mas essa ideia nunca mais me abandonou. É assim um pavor... operações?? Distância com elas!

5º Por último, tenho medo de ser avaliada oralmente. Orais?? Apresentações??Aulas assistidas?? Foram aos molhos durante todo o meu curso e de cada vez que tinha que fazer alguma parecia que ia entrar numa jaula cheia de leões (ou de aranhas!), tal era o medo, o nervosismo, a vergonha... horrível, mesmo. Ponham-me um exame à frente, nem que seja para falar 5 horas sobre Shakespeare, que eu faço com um sorriso e, normalmente, sem nenhum problema. Agora olharem prá minha carinha enquanto debito uma série de conhecimentos, isso é que não. E apresentações em alemão? O meu pior pesadelo!!!

E voilá, são estes alguns dos meus medos. Agora para chatear mais alguém, convido:

- a Maria João do A vida ao Contrário

- a Leididi do Blog do Desassossego

- a Afrodite do A Vida é Bela

- o ::lobo:: do Do Caminhar

- a Luísa Seabra do O que te Quero


12 comentários:

apipocamaisdoce disse...

Lllllloooooooolllllllllll! Muito bem, gostei muito! Vê como até se safou? Adorei a parte de ter medo de levar uma facada do Fábio Alexandre! Lolol!

Pipas disse...

Tens uns medos muito interessantes,gostei muito.
Lol.
Beijinhos.

::lobo:: disse...

Desafio aceite.
;)

Patrícia disse...

Eu sou testemunha das cenas que fazes quando ves uma aranha! Lol

Tadinha da minha pequenina!!!

Bjinhos amiga!

kiss me disse...

Parva!!!

Só porque morou comigo 4 anos acha que pode partilhar as minhas figuras tristes!!!

Maria João disse...

Desafio cumprido! Já desvendei alguns dos meus medos... espreo que a conclusão não seja que sou maluquinha!!! :)

Poirot disse...

Eu tenho medo do escuro, tenho medo do inseguro... Quando era pequeno, por ser irresponsavel (ainda mais), achava que medo era uma palavra inexistente no meu vocabulário. Hoje, sinto as minhas fragilidades e sei que elas estão bem a nu. Somos todos assim, uns mais, outros menos. Só te engrandece o facto de os admitires aos olhos de todos. Tenho dito.

nessy disse...

são medos engraçados de ter :PPPP

Afrodite disse...

Gostei do medo de levares uma facada do fábio alexandre!!!! também partilho desse medo!! mas ainda tenho mais medo d levar uma facada do matumbino ou d cigano maia!! lol

Luisa Seabra disse...

Desafio aceite!!! Agora vou dormir, mas amanhã escrevo!!!
Vou ter de puxar da cabeça para não ser repetitiva...é q eu tb tenho pânico com aranhas, mas pânico a sério...por causa de uma aranha já fiz uma "placagem" à minha mãe, literalmente saltei-lhe para cima e caímos as duas...tás a ver não tás??
Bom, vou dormir sobre o assunto e amanhã revelo!

Anónimo disse...

Ola

Eu partilho desse medo de operações.... e das aranhas.... mas n me adianta nada pk nestas férias lá fui eu operada a um pezito :( , mas agora já quase n preciso de moletas....

Bjinhos grandes e espero k esteja td bem ctg...
Bjinhos da FoFa

sergonov disse...

"sou tipicamente feminina: tsharaaan...medo de insectos"

Ops eu sou homem e tenho pavor aos insectos ops!
Embora nesse caso escapem as aranhas que são os unicos insectos que admiro.
Deve ser a parte homem, safa!