quinta-feira, junho 26, 2014

Fitas

O meu namorado é muito finório.

Sim, é inteligente e sabe imensas coisas que eu não sei e que me explica pacientemente.

Mas estou a falar daquela esperteza matreira.

Durante as férias, o rapaz levou com uma pancada nas costas. Ai ai ai doi-me tanto, será que parti, mas depois disso ainda foi surfar (que implica remar, carregar prancha, nadar, saltar para cima da prancha, etc.) duas vezes (e só não foi mais porque as férias acabaram entretanto).

Agora que voltamos ao Norte é "aahhh, dooooi-me, não posso fazer movimentos.... podes arrumar tu a loiça? E tirar a roupa da máquina? Aaaiii passa-me o comando que eu não me posso mexer".

Ninguém merece.


10 comentários:

Rosa Cueca disse...

Fazem-se de sonsos.
Nós somos as tolas que gostamos deles.

A Chata disse...

Arranja umas dores de costas também. A loiça arruma-se sozinha.

Majó disse...

é, os homens são tramados para essas coisas das tarefas domésticas e de dores!
Com o meu marido é mais ou menos assim:
"ai dói-me aqui as costas por baixo da omoplata esquerda, se pudesses passar um pouco de Voltaren (passo a publicidade) aqui!" e eu tudo bem, munida de pomada para tratar da mazela, começo exatamente no local onde indica, depois é:
"mais para cima...agora mais para a direita... à esquerda... baixo... sobe, ... esquerda, ..."
ou seja acaba com uma bela massagem nas costas! :D
bjs

S* disse...

São uns mimalhos.

Jude disse...

Homens e as suas mariquices! :p

MiSs Detective disse...

por alguma razão que não sei explicar, lembrei-me de ver se o teu blog ainda existia, já que morremos tantos entretanto, e fiquei de sorriso aberto quando constatei que sim, que continuas por cá...

amigos das onze horas disse...

Cá é igual. Há quinta-feira vai jogar basket. Chega à casa sempre com alguma dor, passa o fds a queixar-se das dores; à 2f a dor acalma,à terça está quase bom, à quarta está fino como o aço. Tens razão, ninguém merece mesmo!:)

camaleoa disse...

Tão típico...
Que seria dos Homens sem as Mulheres... Haja pachorra.. :)

Marta disse...

ahah fico perplexa: quando não estão doentes sao os "machos" cá do sitio, mas quando estão doentes é o fim do mundo!
beijinhos

Tulipa Negra disse...

Tipicamente masculino. Quando chega a hora de fazerem coisas que gostam está tudo bem, depois voltam ao seu estado doente e fragilizado. Que conveniente.