segunda-feira, setembro 12, 2011

Ouve lá.

Se eu já consegui deixar de ficar triste por tua causa, se já consegui deixar de chorar, se já consegui deixar de pensar em ti de manhã e à noite (ou de manhã à noite) um dia também vou conseguir não querer saber de ti e da tua vida, vou conseguir que não me apeteça desejar-te boa viagem, vou conseguir não me preocupar se chegaste bem ou se o teu avião caiu no meio da Argélia, vou conseguir não olhar na tua direcção quando entro nos sítios e ficar curiosa ou preocupada se não estás, vou conseguir não te desejar boa sorte, vou conseguir não me preocupar se ganhas ou não a porra do concurso e vou conseguir não me lembrar de ti quando vejo Gato Fedorento.

Esse dia está por um fio, meu querido. É mesmo isso que queres que aconteça?*

[pergunta completamente retórica visto o espécime mencionado não ter acesso aqui ao estaminé, isto sou eu a falar comigo mesma, é para isso que servem os blogues, certo?]

48 comentários:

Há um amor que nunca morre disse...

é exactamente para isto que servem os blog! :)
Mesmo que eles nem sonhem o que lhes escrevemos, parece que só o facto de deitar cá para fora o que sentimos, nos deixa mais leves!

Este Blogue precisa de um nome disse...

certíssimo ... :)

Miss Battle disse...

é exactamente para isso! :)

Anónimo disse...

ainda estou bem longe desse tipo de pensamento/sentimento ... mas ainda bem que está quase a chegar lá :)

Ana Ferreira disse...

Ui...isto podia muito bem ter sido escrito por mim!! =S

Clair de Lune disse...

Um dia eu também :)

Merenwen disse...

Eu ainda estou na fase de pensar nele de manhã à noite, mas lá chegarei! é bom ver posts como o teu porque nos fazem acreditar que é sim possível ultrapassar isto e voltar a ser indiferente a quem só nos faz mal.

Margarida disse...

Custa, dói, massacra, mas um dia, já os esquecemos. São 44 anos de experiência, confie em mim :))

Heriwen disse...

É sim! Fala para aí =)

ana disse...

Penso que sim..servem para dizermos o que nos vai na cabeça..servem de consolo à alma! :)

Morah disse...

Quando souberes como se consegue deixar de querer e sentir essas coisas pela outra pessoa, avisa-me que eu acho que também gostaria

Anónimo disse...

Minhas queridas, para mim esse dia aconteceu quando eu dei por mim zangada, mas zangada a sério, com o facto de estar farta da minha vida, de me sentir miserável dias, semanas, meses a fio.
Um dia acordei e pensei 'Quero lá saber, estou FARTA,FARTA de ti, FARTA de mim, FARTA de nós, FARTA de tudo.
Hoje 4 anos depois ainda tenho recaidas, tenho dias que acordo e penso no que ele estará a fazer, no que estará a pensar, mas consigo resistir à tentação de o procurar, de meter conversa com ele (está a 2 dedos de distancia no MSN e no Facebook) e depois volto a esquecer-me que aquela alminha quase conseguiu destruir a minha sanidade mental e sigo a minha vida.
Meninas enquanto à vida à esperança!!
Liliana

ANGIE disse...

Certinho!

Framboise disse...

Sim eventualmente um dia irás conseguir. A nossa vida não é estática, está sempre a mudar, muitas vezes para melhor :) Já me aconteceu chorar baba e ranho por perder alguém e hoje realmente sinto que foi o melhor que me podia ter acontecido.

Afonso Henriques disse...

É isso que ele quer e é isso que vais querer também. Por isso... Desembucha rapariga!

Mimi disse...

Nunca aqui tinha passado. Hoje deu-me para isto. E já agora, ouça lá, cara colega de blogues, por acaso a estimada colega não é eu, pois não?
É que tudo o que escreveu neste post é o que actualmente me vai na alma. A gaita toda é que a pergunta, no fundo, não se quer assim tão retórica...

Violeta disse...

Esta foi a minha primeira visita ao teu blog e não podia ter sido mais oportuna. Voltarei com regularidade, com certeza. *

Anónimo disse...

Vais mas nunca totalmente. Garantido.

Xs disse...

Claro que sim!
O tempo cura tudo!
E há quem não mereça a nossa tristeza.
Nesses casos, é andar para a frente sem olhar para trás!
É o que merecem!

Anónimo disse...

Tem piada que há +/- 2 anos estava na mesma situação que tu....e o que me chamou mais à atenção no teu desabafo, foi que o meu pensamento coincidia com o teu....EM TUDO!!! Principalmente na parte do "....vou conseguir não me preocupar se chegaste bem ou se o teu avião caiu no meio da Argélia...."....o meu ex- trabalhava nesse país!

Mas sim, consegues....força nisso!
Beijinhos
Célia (costumo ler-te, mas nunca comentei)

Anónimo disse...

E quando se acorda de noite e é o primeiro pensamento que vem à cabeça? às vezes penso que é obsessão, não pode ser normal.O pior é que enquanto não nos sai da cabeça, não nos sai do coração.E a experiência me diz, que só se consegue esquecer totalmente, quando há novamente "algo no ar".

Campeão disse...

E o que falta para lá chegar? Qual é a gota de água?

B. disse...

Oh meu deus, acho que este blog é meu. Pelo menos diz exactamente o que sinto! :) Parabéns!

Maria Gaivota disse...

um blog é memso isso, o poder desabafar sem receio de resposta :)

patrícia disse...

Também eu gosto de desabafar no meu, embora saiba que sou julgada por isso.
Mas adorei o texto, em parte poderia ser meu.
Gostei do blog, vou seguir
Um beijinho *

Kitty Lu disse...

os blogs são para tudo o que nos vai na alma certo?
É importante deitar tudo cá para fora.
Por vezes sinto o mesmo... vou conseguir assim, ou assado, isto e aquilo...
mas na verdade, não consigo, ainda não...

DS disse...

So true! a semana passada fui ao casamento do meu "grande" amor! depois de o ter amado, odiei-o, de pois passou a ser indiferente. O melhor de tudo foi desejar-lhe felicidades, querendo mesmo isso: que ele fosse feliz, porque agora já não me dizia absolutamente nada!

Dona Pipeta disse...

Certíssimo ;) ..beijinho bom***

Dona Pipeta disse...

(eva) ..para que saibas quem te mandou o beijo ;)

Y disse...

É como as feridas....abrem-se e magoam-nos...começam a sarar....cicatrizam....desaparecem...e depois são apenas história passada.

Mia disse...

Bom.. Que estranha sensação e como a conheço bem. Espero que nesta altura já estejas bem.

a mulher certa disse...

Ele não quer que isso aconteça, mas ele não sabe que está quase acontecer. Se ele ficar a saber, saberás que tenho razão.

Anónimo disse...

comigo, foi um dia. um dia uma colega perguntou-me á seria: "ele faz-te feliz"? e eu "Como?" Como quem...como é que que eu nao pensei nisto?Ele não me faz feliz, sou infelicissima, pensei. Menti-lhe "Faz, mas...é um amor aos pedaços, estilo iogurte" e ela "hum se não te faz feliz, não vale a pena." o eco naquela cabeça oca foi avassalador e a partir desse dia, sempre que ele ligava eu atendia corajosamente e mostrava-me sempre alegre, mas declinava todos os convites, uns a seguir apos outros. Mas tinha de ser. Sem ser muito obvio alterei habitos de lazer e passei a freqentar outras casas e outros amigos, ate que um dia aceitei um convite. Foi um encontro, uma conversa, um abraço e um "simples" dircurso "eu tambem gosto muito de ti, mas quero mais"Tens para dar?" "Não", respondeu ele "mas tenho pena". "Eu também", pensei. Encontrei "mais" num outro amor e hoje sou muito feliz!Tu também vais ser!:)

kami disse...

Um dia com certeza vai conseguir! E saber que existe tal possibilidade, já te aproxima muito dela!


Adorei o blog!
parabéns!

Mia disse...

O meu tb é um desabafo constante.. ;)

http://pegadafeminina.blogspot.com/

Nz disse...

Um dia vai simplesmente deixar de doer!
Boa sorteee!

www.nzlookbook.blogspot.com

Lollipop disse...

Olá Olá :)
Convido-te a visitar a nova loja online LOLLIPOP Fashion Store, atraves do nosso BLOG (http://lollipop-fashion-store.blogspot.com) ou então via Facebook (http://www.facebook.com/pages/Lollipop-Fashion-Store/247006138695872?sk=wall).

Agradecemos desde já a tua visita por lá e não deixes de partilhar com as tuas amigas e amigos!
Obrigada :)

Maria Oliveira disse...

Oie,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo!
Parabêns por seu cantinho e muito sucesso pra ti!

Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

Beijinhos no core!

http://umamulherbemvestida.blogspot.com

carol disse...

Acredita quando menos esperares, vais dar por ti a pensar nele, apenas quando o tiveres diante de ti outra vez, e vais perceber que ja nem te incomoda o facto de ele estar la!
Efalar sobre a pessoa ja vai ser como falar de qualquer outro. Vai importar mas nao magoar!

Anónimo disse...

Esse dia sempre acontece. Nada é eterno.Quando menos esperares "voilá" aparece alguém que te fará esquecer por completo.Aproveita. Pode ser que valha a pena.E não pares de escrever.
FC-Coimbra

Anouk disse...

http://keepbeatingheart.blogspot.com/
take a look ;) *

Gabriela disse...

http://sellingbeauties.blogspot.com/

AF disse...

Já conseguiste?
É que estou na mesmíssima situação :s

Anónimo disse...

Quantas de nós não passámos ou estamos a passar por uma situação idêntica...eu estou processo de tentar esquecer e vou conseguir, beijo gostei mt de ler

Aileen disse...

Opah adorei este teu texto. Demais. Sim, é para isso mesmo que servem os blogues :P Feliz Natal!

Ana Sá disse...

Espero que ele não queira mesmo isso. Mas, se o quiser, espero que consigas tudo isso!

disse...

vais conseguir. mas se ele quiser voltar pões o teu novo mundo em causa e fodes a vida a quem for preciso.

claudio disse...

Muito, muito, muito bom ;)

Eu, Claudio!