terça-feira, abril 12, 2011

Cenas romantico-piroso-sensuais-coiso # 7

Amo-te tanto que te não sei amar, amo tanto o teu corpo e o que em ti não é o teu corpo que não compreendo porque nos perdemos se a cada passo te encontro, se sempre ao beijar-te beijei mais do que a carne de que és feita (...).

António Lobo Antunes
(de quem eu até nem gosto muito mas...)

5 comentários:

м♥ disse...

que bonito...

Sally disse...

:')

cereais disse...

...mas até diz umas coisas bonitas e certas.

Juanna disse...

Gostei. Simples e eficaz.

Rute disse...

Eu Gosto muuuuito... E quando li, antes de ver o autor...BINGO! Adivinhei :)

Apareci aqui via Alfaiate, vinda do nada... e gostei :))

Bjinhos

Rute