quinta-feira, fevereiro 03, 2011

O nosso cérebro é mesmo uma mente*

*frase pronunciada pela progenitora mais linda, que queria dizer algo como "o nosso cérebro é mesmo uma máquina"

No último episódio do Californication a Karen pensa que o Hank se tenta suicidar e nesse momento apercebe-se que ainda gosta dele e pondera voltar para ele. Acontece que o sex symbol não se tinha tentado suicidar, apenas fez um cocktail de drogas e álcool que correu pior do que o costume. Quando ela descobre isso, pede-lhe para ele se afastar ao que ele responde "So wait - it was more romantic when you thought I wanted to kill myself? How fucked up is that?". Ela responde que é freaking fucked up e que ele é fucking toxic e que por isso é que não o quer ver nunca mais (um post em que falo da minha progenitora e já é a terceira vez que escrevo derivados de fuck. O respeito já não é o que era). 

Queria eu dizer com isto (com a primeira parte do parágrafo acima, porque a segunda parte não tem propósito nenhum para o post, apenas gostei do diálogo) que muitas vezes só nos apercebemos que queremos ou não alguma coisa em situações extremas.

Ando há uns tempos a pensar que quero uma coisa, que queria muito uma coisa, digo às pessoas que sim, que quero, que quem me dera e é qu'era bom. Recentemente tive uma pequena possibilidade dessa merda acontecer. E ao ter essa possibilidade tão real à minha frente, passei-me, entrei em pânico, deu-me uma coisinha má e eu só pensava que não, que afinal não, não quero nada daquilo, socorrooo.

Por isso, como diria aquela grande blogger dois posts abaixo deste (olha, fui eu), o ser humano é um bicho complicado e isto, meus amigos, às vezes é uma merda.

11 comentários:

Mi disse...

Nem a nossa própria cabeça entendemos, quanto mais a dos outros! Complexidades...
kiss

DianaPereira* disse...

Adorei!

Cynthia disse...

Revejo-me perfeitamente no que acabaste de dizer e lamento-o. Pq, cm disseste, às vezes é uma merda! E as dores de cabeça q dá? Ui...

Sairaf disse...

Sublime!!!
Toca nos pontos fracos de muitos de nós!!

Sofia disse...

É mesmo! Se bem que eu tento não chegar à tal situação limite para dizer o que quero ou não. É tramado!
Beijinhos,
Sofia

Anónimo disse...

Estás a precisar de um bom chocolatinho para libertares alguma dopamina... :)
Ajuda muito :)

Gosto do teu blog!*

Dama de Espadas

alexandra disse...

adorei californication,passava bons momentos a ver. identifico-me contigo,por vezes tb quero tanto uma coisa,e quando acontece,não acontece...
gosto do teu blog


alexandra

Miss B-Beautiful disse...

Que grande complicação!!

Meio Cheio disse...

às vezes nao...sempre! As coisas que realmente queremos acabam por acontecer de alguma maneira...se panicamos é porque ainda nao estamos prontas para elas =)
Boa semana*

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Toca-nos a todos!! :/

Biju*

Maria Papoila disse...

Bom post. Descreveste a minha vida nos últimos meses.

Bem haja :)