terça-feira, dezembro 28, 2010

Isto de ser mulher ainda tem (algumas) vantagens

Desde que abri conta no meu banco há 4 anos e meio sempre tive gestoras de conta. Nada contra, aliás, gostei imenso de todas as que me calharam, tanto que ficava muito chateada quando as mandavam para outros balcões. Quando me afeiçoei à Sofia (já trocávamos dicas e livros de NY e tudo), veio a Susana, quando me afeiçoei à Susana veio a Raquel, à qual ainda não me afeiçoei mas também não tenho nada contra. Acontece que hoje fui ao meu balcão, algures no Porto e a minha gestora não estava, tendo que ser atendida pelo gerente. Ah e tal, queria alterar aqui uma aplicação, claro que sim doutora, venha por aqui doutora, sente-se doutora, diga lá doutora e não é que 5 minutos depois o homem me aumenta a taxa de uma das minhas aplicações para o dobro? E ainda termina com "considere isto um miminho"? Ora, 4 anos e meio de convivência com as meninas bancárias e nada, e falo uma vez com um gajo e faz-me logo miminhos? Claro que a partir de agora vou querer ser sempre atendida pelo moço, que a vida está cara e miminhos (destes - e só destes) vêm sempre a calhar.

8 comentários:

verniz escarlate disse...

também já tive uma gestora de conta raquel e agora "estou" com uma susana mas realmente ainda nenhuma me ofereceu nenhum "miminho" em termos económicos...

Rita disse...

Cheia de sorte =) *

Ana C. disse...

Adorei, é tão bom :) aproveita o gerente enquanto a Raquel não está :)

Daniel disse...

Dra? Dra pra cima Dra pra baixo...por essa razao te deram taxas baixas. Eu nunca referi os canudos que tenho e nao me queixo das minhas aplicações ou produtos lançados pelos bancos. As benesses não advém dos estatudos académicos.

kiss me disse...

Daniel, aquilo é uma conta ordenado que a minha empresa me "obrigou" a abrir, daí saberem as minhas habilitações literárias.

E também não fui lá queixar-me de nenhuma aplicação, fui lá alterar uma delas e por acaso falou-se na outra, a tal cuja taxa subiu.

Porque gostam tanto de comentar o que não sabem, hã?

Mary disse...

Adoro a descriminação positiva! Sou a favor de tudo o que seja para nos beneficiar!
Um bom ano!
http://amarycanlife.blogspot.com/

Débora disse...

Estou com a Mary. Toda a gente fala mas se fosse para receber mais alguns trocos ou para beneficiar do factor C, seriam os primeiros a chegar-se à frente.
Raio de hipocrisia...

Me,myself & I! disse...

Gostei particularmente do "destes-e só destes"...
:)