quarta-feira, março 10, 2010

Ai Tom Ford, Tom Ford

Que nos trouxeste um filme destes, perfeito do início ao fim, que nos toca do início ao fim. Que nos faz ver que a vida pode ser tão fugaz, pode-nos faltar quando mais a abraçamos.


Mais tarde debruçar-me-ei sobre aquele modelo espanhol (Jon Kortajarena) que em 5 minutos de filme deixa a ala feminina da sala de cinema sem respirar. É que se começo a pensar muito nisso agora, tenho para mim que não conseguirei mais trabalhar hoje.

4 comentários:

AP disse...

Tenho de ver!!

Di disse...

Tenho que ver!
Beijo*

j.seabra disse...

fui ao uci na 2ª feira para o ver...
mas o "single man" dito pela minha parceira não foi o ouvido pela menina da bilheteira...
os bilhetes foram para o bolso logo que vi o número da sala...
e depois de tomar café lá segui para a sala 19... para ver o "serious man"...
dupla desilusão...
nem vi o Tom Ford...
e os Coen deviam estar com uma grande pedrada quando se lembraram de filmar "aquilo"...

mas este fim de semana vingo-me!

beijos!
e bons filmes! ;)

j.seabra disse...

já vi.
e vale bem a pena!
fico é sem entender porque é que não esteve nomeado para o Oscar de melhor filme...
de todos os nomeados que já vi, nenhum o supera...