domingo, novembro 22, 2009

What a difference a second makes

Este foi o (óptimo!) filme que vi hoje à tarde, em frente à lareira, de manta nas pernas, o pc ao lado, a comer línguas de gato (ou de veado, nunca me lembro quais são quais) e a pensar na noite anterior e na p#$# da diferença que uns segundos podem fazer entre uma noite que foi boa e uma noite que poderia ter sido excelente.

7 comentários:

Miss Complicações disse...

O chamado filme “Tearjerkers” de puchar à hormona ;)
Bom filme e um belo cenário para um domingo à tarde.

Beijinhos

PS. Vou dar uma voltinha aqui pela tua chafarica ;)

Principesca disse...

Hmmm... as de gato são pequeninas as de veado são as maiorzinhas! lol
Tenho que ver esse filme...

Rosa Cueca disse...

as de veado são as compridas. e dessas não gosto.

quanto a esses segundos: pqp. quando fazemos o flashback é uma chatice ;)

Phyxsius disse...

Tenho que ver... :)

Alexandre disse...

Bem bacano :p

guess disse...

Estou preocupado contigo. Ainda bem que a noite foi boa, mas tu mereces excelente.

kiss me disse...

Obrigada pelo esclarecimento acerca das línguas. Eram as de veado, bem boas, apesar do nome.

Cueca (posso tratar-te assim não posso?) os segundos de diferença só trouxeram (mais) um desencontro. Pensava que o timing só funcionva a nível de períodos da vida, mas o filho da mãe funciona ao segundo. E mal!