sexta-feira, outubro 30, 2009

Agora que sou adulta...

...(pelo menos em idade) é que me dá para querer livros de criança. E estes aqui são os que estão na listinha:

Este, apesar do próprio nome já ter a sua piada, quero muito ler nem que seja por causa daquele nome ali em cima, Ana Luísa Amaral, uma das melhores professoras, comunicadoras e declamadoras que eu já vi, conquistando-me a recitar David Mourão Ferreira logo na primeira aula de Literatura Inglesa (sim, eu sei que ele é português). E por causa do Rui Zink que é... o Rui Zink.


Este, comparado a Carrol Lewis e Roald Dahl (e eu que nunca fui grande fã nem de um nem de outro, confesso que a Alice no País das Maravilhas me irrita solenemente e adormeci no Charlie e a Fábrica de Chocolate) não sei porquê atrai-me e já dou por mim a imaginar o Johny Depp como personagem principal num próximo filme de Burton.

Este, apesar de já ser dos anos 60, deve ser a coisa mais deliciosa do mundo e em Novembro lá estarei eu no meio das criancinhas no cinema:



5 comentários:

Alexandre disse...

Livros giros, vá. :D

D* disse...

É sempre bom ler estes livros. Já que não se pode voltar atrás no tempo para se ser criança outra vez, chegamos lá por atalhos :)

Bluebluesky disse...

Aproveita e lê "Meu pé de laranja lima", do Mauro de Vasconcelos. Acho que foi o livro que mais me marcou em criança e continuo a adorar lê-lo!

Goldfish disse...

Não resisto a falar de um livro de criança que conheci há 2 ou 3 anos mas que adorei pela simplicidade e pela mensagem. Mas só o conheço em inglês e, francamente, também não sei bem como é que dá para o traduzir sem perder a graça. É o Ish, de Peter H Reynolds.

MissC disse...

Oh, o Charlie e a Fábrica de Chocolate é fantástico. Dá-lhe outra oportunidade e vais ver que não te desiludes! O Depp está (como sempre) brilhante!