segunda-feira, abril 21, 2008

Ainda sobre o carjacking

Este fim de semana tive a minha primeira experiência de chegar sozinha a casa a meio da noite (não sei se seis e meia da manhã ainda é considerado "meio da noite") depois de ter desenvolvido este meu medo do carjacking. Depois de uma noite fantástica e de deixar um amigo numa ponta da cidade, esperava-me o caminho para casa até à outra ponta da cidade. Com o telemovél enfiado no meio do decote (não vá o diabo tecê-las e eles aparecerem mesmo e me deixarem sozinha, sem carro e nuns tacões de 10 cm no meio do nada), lá fui eu olhando de 3 em 3 segundos pelo retrovisor a ver se não via nada suspeito. Sempre que parava num semáforo imaginava toda a cena na minha cabeça. Eles, encarapuçados, a chegarem, encostarem uma pistolona ao vidro, enquanto eu me despedia carinhosamente do meu carrinho. E lembrei-me de uma reportagem que vi na sic um dia destes. Um carjacker a falar da sua "profissão", que disse algo muito curioso. Que é melhor roubar rapazes do que raparigas. Diz ele que as meninas ficam histéricas e tentam arranhar e tirar-lhes as máscaras. Mas esta gente é doida? Tirar a máscara para quê? Queridas, essa cena de chegar à polícia e dizer "ele tinha olhos castanhos, cabelo castanho e barba por fazer" e sair do computador uma cara igualzinha à do ladrão só funciona mesmo nos filmes, ok?

Se eu fosse "abordada" por um carjacker a única coisa que eu faria era afastar-me educadamente enquanto dizia "tome lá sr. Bandido. A gasolina está nos cascos mas deve dar até ao próximo assalto. E tome lá estes brinquinhos e esta pulseira, como prova da minha boa vontade. São da Parfois mas devem render uns bons 12 eurinhos.Vá com Deus e beijinhos para a família."

No entanto, consegui chegar casa sem me cruzar com nenhum desses profissionais. Acho que nem os bandidos gostam de chuva torrencial. Ou o meu carro não presta para nada. Ou tenho cara de miúda histérica que arranha e esperneia. Ou então não gostam da nova colecção da Parfois. Acho que é mais isso.

19 comentários:

Richard disse...

Isso do carjacking é mesmo muito mau....Mas também depende das zonas do Porto...Não sei qual é a tua zona...Mas também uma coisa é certa até podes ter um carro fofo girito e tal...mas se nao der os 100km/h em menos de 6 sec. fica descançada...lol...

Blog muito fixe...Parabéns...
Ahh...primeiro post na comunidade da Beloguiana...Tambem já fui mordido pelo bichinho do Blog, não doeu...hihi...

Hasta

Ahh..sorry pela pub...
http://porquetambemmereco.blogspot.com/

Sara M. disse...

às vezes tb penso nisso. qdo venho à noite sozinha.

mas dps penso: hmm.. nao tenho um topo de gama. não devem querer o meu bolinhas.

;)

Marisa disse...

Looool :P
Eu sou da tua opinião. Se fosse assaltada a ultima coisa que me iam lembrar era de espernear e arranhar o bandido. Mas deixa-os pensar assim, ao menos assim estamos safas :P

Pedro disse...

sara m cuidado com esse pensamento. Nem só os topos de gama são alvos de carjacking, são todos os carros. Ponto.

Um conselho: nos semáforos, qd pararem, fiquem a alguma distância do carro da frente. Nunca se sabe qd terão q fazer uma manobra de emergência e precisam de espaço para isso. à noite tb aconselho, qd estão paradas, a ter sempre a "primeira" engatada.

O resistir ao assalto depende de cada um. A maioria dos meliantes não tem tomates para disparar e vive do medo q incute nas vitimas, se elas não mostrarem medo o plano sai furado. Mas há aqueles q realmente disparam por isso é uma decisão vossa. Eu nunca fui vitima e por isso não sei qual seria a minha reacção.

Qd sairem do carro tirem SEMPRE a chave da ignição. SEMPRE.Se tiverem um toque com outro carro tirem sempre a chave da ignição.

solo disse...

fiquei sem saber se devo vender o carro, pôr rimel (pra ficar com um ar histérico) ou comprar um colete à prova de balas para quando saltar às fuças do bandido e ele me balear... =)

Ana disse...

Eu quero é a carta! O carjacking fica mais tarde lol
Beijinhos*

Maria João disse...

Quando cai uma daquelas chuvas torrenciais, os senhores bandidos ficam em casa a pensar numa nova estratégia de assalto, não saem à rua!!!

Beijinhos amiga!

[_David_] disse...

Realmente isso é uma realidade que prevalece nas ruas do nosso país! Nunca ninguém sabe a sua reacção nesta situação de pânico!!

.lado errado do coração disse...

o pior é que ouvi dizer qe a maioria desses bandadidos são podres de bons :O


*

Pulha Garcia disse...

Eu desde miúdo que queria ser carjacker (até roubava os carrinhos aos outros miúdos no recreio de forma a ganhar experiência) para poder ia à televisão falar do meu trabalho aos senhores jornalistas mas o meu pai fez-me ir para a universidade tirar um curso, sem querer saber dos meus sentimentos. Juro que é verdade.

paranoiasnfm disse...

Deve ser horrível passar por uma situação destas.

PS:
A reportagem foi na RTP-1.
E, sinceramente, faz-me confusão o facto de a RTP entrevistar um "carjacker"... não percebo.

Só num país como o nosso.
Pistola em punho, luvas, encapuzado... não era para prenderem o gajo? Não... pelo contrário, é entrevistado, ainda diz que não consegue parar porque o dinheiro que ganha não é suficiente..

Enfim... tristeza mesmo. :S

REFLEXOS disse...

Eles só roubam carros que valham a pena.... Mas está muito bem escrito dá para ficar bem disposto.

A propósito eu também vi essa reportagem é por isso que quando saio à noite levo sempre o carro cheio de gajas...hehehe...;-)))
Bj

Ana Raquel disse...

Só uma palavra:
ME-DO!

António Raminhos disse...

Para haver carjacking é preciso haver uma granda máquina... e estou a falar do carro... não na menina, porque se não já tinha sido levada :).

AR

www.antonioraminhos.blogspot.com

Anónimo disse...

Como curiosidade gostaria de acrescentar que na minha breve (3 anos) experiência com presidiários todos mencionavam que preferiam ser abordados por homens do que por mulheres. E estamos a falar de assaltos de mão armada. Dizem que as gajas têm reacções impossíveis de prever.
Mº João

Pearl disse...

LOLOL
A forma como expuseste um assunto tão sério é no minimo deliciosa!!!
Gostei!!!
:o)))***

El Trinca disse...

Infelizmente, acho que foste plagiada, tenho ideia de já ter lido este post noutro blog qualquer, tou farta de dar voltas à cabeça mas n me lembro onde foi.

Vou tentar descobrir e depois digo.
Sorry! :(

Andreia. disse...

xiii adorei.
Principalmente o facto de escreveres sobre algo sério e conseguires inserir piadas pelo meio! Vou com toda a certeza voltar ;D

Beijo*

Carjacking disse...

Boa tarde,
Caso pretendam obter mais informações sobre o Carjacking em Portugal, acedam a www.carjacking.com.pt, onde irão encontrar notícias, formas de o evitar, entre outros.