sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Um filme que dói...

Happiness only real when shared

14 comentários:

katy disse...

Oh..comprei o livro para ler..gosto de ler sempre antes de ver o filme. Eu sei que pode parecer parvoíce porque é a mesma coisa..mas depois de ver o filme, já não posso imaginar as coisas da minha maneira. Embora raro seja o filme que tem a história como o livro..

Helena de Troia disse...

doi mesmo.. E por sabermos que é uma historia veridica aind dói mais!! Tambem adorei, é muito intenso e por varias vezes fiquei com uma lagriminha no canto do olho :p

Fifas disse...

concordo...sai da sala de cinema com um aperto no coração...va no fundo devo ser pessoa de lágrima fácil mas fartei me de chorar...
Adorei o filme!

v. disse...

quando fui ver o filme nem sabia que era uma história verídica. mesmo assim, apertou-me o coração até ao fim. ficou ainda mais apertado quando vi que tinha de facto acontecido. um filme lindo. e a banda sonora é linda também e toca agora por aqui em repeat :)

Maria João disse...

Tenho que ir ver... deixou-me mesmo curiosa... já me tinha chamado a atenção, e agora ainda mais!

E coooomo concordo que a felicidade só é real quando é partilhada... :)

Pulha Garcia disse...

O filme é muito original e apela ao sentido de liberdade de cada um. Achei que não é nada hollywoodesco e isso nos tempos que corre é um dos maior elogios que se pode fazer a um filme.

kiss me disse...

Katy, não é nada parvoíce, eu também faço sempre isso quando acho que vou gostar do livro. Neste caso acho que não ia gostar, gosto de grandes romances :P

Mas o filme é realmente fantástico!

Rita disse...

Sem dúvida, foi dos filmes que mais gostei e mais me marcou nos últimos tempos, por tudo: pela história, pelo cenário, pela banda sonora, pelo aperto no estomago que deixou no final..."I now walk into the wild"....

"Rather than love, than money, than faith, than fame, than fairness...give the truth"

100 Sentidos disse...

Escolhi a mesma frase para publicar no blog.
Mas a tua imagem é muito melhor...

Hannah disse...

Ainda não tive coragem para o ver... só pelo trailer fiquei com um nó no coração... parece-me que vou chorar... e chorar... então, deduzo que ainda não estou em condições para enfrentar este "desafio"...

Bjinhos

I&U disse...

No fundo é essa a lição que se tira do filme.
É um filme que dói mas que se deveria de ver*

scbmf disse...

Um dos mais marcantes filmes dos últimos tempos! Maravilhoso!

scbmf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Gostei. Grande moral.

Não consigo deixar de pensar, no entanto, que o fim é irónico...