segunda-feira, outubro 29, 2007

Letras

Hoje fui à minha antiga faculdade. Não sei se esperava mais ver tudo igual ou ver tudo diferente mas verdade é que está completamente na mesma! As mesmas caras, as mesmas filas intermináveis na secretaria, o mesmo mau humor das funcionárias, os mesmos bolos no bar, as mesmas doutoras que me praxaram e que ainda lá estão a fazer AlemãoIII. 80% das raparigas continua a vestir roxo e preto com botas Dr. Martens, cabelo com ar de quem não vê água há semanas e pele de quem não vê sol há anos. 10% são aquelas que só se vê a sair da biblioteca para a sala de aula e da sala de aula para a biblioteca, com milhares de fotocópias na mão e cujo tema de conversa involve sempre as palavras "professor", "exame", "apontamentos" e "estudar". Que não emprestam os apontamentos das aulas e que ficam mais lixadas por alguém ter tirado 19 do que felizes com o seu próprio 18. E os restantes 10% são raparigas "normais". Os rapazes, esses, coitados (ou coitadas delas...). Constituem aí uns 5% da população daquela faculdade mas nesta fase estão muito mal representados. No meu tempo ainda havia algumas peças jeitosas. O André de Filosofia que era da minha turma de Ciências da Educação, outro tal André do meu curso que andava com a caloira loira, um de Sociologia que era modelo, o jeitoso sabia lá eu de que curso (e que depois acabou por passar um ano na minha cama), o outro que entrou nos Morangos e etc etc. O que eu vi hoje foi a espécie masculina no seu pior nível, ainda eu me queixava.
Só saí de lá há dois anos e qualquer coisa e parece que foi há mil. Não sinto grandes saudades. Tenho saudades dos tempos de faculdade mas não da faculdade. Tive foi uma enorme vontade de gritar a todos aqueles jovens iludidos"oh meus burros, que é que vocês estão a fazer aqui? Querem ir para o desemprego, é?". Mas deixei-me estar calada e sossegada enquanto esperei 50 min na fila da secretaria só para pedir a porcaria de um certificado.

18 comentários:

Marisa disse...

Eu estou no 2º ano da faculdade de letras de Lisboa. Mas devo pertencer aos 10% de raparigas normais:p nao me visto de roxo, o meu cabelo anda sempre lavadinho e não vou muitas vezes a biblioteca! Em relação ao mau humor dos funcionarios e das filas de espera... sim, confirmo!

kiss me disse...

Aqui é mesmo a do Porto :)

Leonel disse...

http://www.corridasdecavalo.blogspot.com/

Azul Limao disse...

Olá!!! Descobri o teu blog há relativamente pouco tempo e gostei muito! Quanto ao que sentes ao regressar à faculdade eu sinto o mesmo! Não tenho saudades da faculdade em si mas da vida que vivia nela! ***

Utzi disse...

Também tenho saudades dos tempos de faculdade, mas da faculdade propriamente dita não... Percebo-te perfeitamente.

Beijinhos :)

Pink Lady disse...

Embora a maioria das criaturas da minha faculdade sejam radicalmente diferentes, mas igualmente escabrosas, sinto o mesmo que tu. Nada de saudades. Tudo na mesma e a última vez que lá voltei foi para levantar o certificado (o c***** do diploma que nos obrigam a comprar!).

Pearl disse...

Ok... devo ser excepção á regra!!! Terminei o curso em 2001 e Tenho saudades da minha faculdade! O espaço fisico deve estar diferente, com certeza, não me lembro de lá ter entrado e aquilo não estar em obras! Apesar das demoras na secretaria, não me recordo de alguma vez terem sido antipaticos comigo, e até dos professores tenho saudades!
Tenho saudades dos colegas, das aulas, das cartadas na cantina, das borgas, das praxes, do stress pré frequências, enfim...
Só não tenho a minima saudade da mensalidade que pagava, mas tudo tem um preço!!!

Helena de Troia disse...

Como compreendo lol Eu ando no ISCSP (atxim) e homens é uma ilusao. Os poucos que lá andam são pequeninos, cromos, de oculos e borbulhas. Os poucos jeitosos que ainda se encontram sao só mesmo os Erasmus e um ou dois que ja foram sugados por uma vibora qualquer. Tb andam pra la 2 dos Morangos, mas burrinhos como tudo, praxaram-me qd eu entrei, um deles foi meu Padrinho do miss caloira, e ja estou no 4º ano e eles ainda la estao. Isto de se ser Morango da mt trabalho hihi ;) De resto é só cromos, gajos das aldeias, miudas idem, betos, cromos, e giros.. nao, numa faculdade de politica nao ha homens giros :(

Mary disse...

eu podia dizer tanta coisa da minha escola que é melhor é tar calada. filas.......... beijinhos*

Mary disse...

e viva a eficiência dos serviços académicos...

wednesday disse...

lol...

Pois eu já acabei o curso em 2002 mas continuo lá a entrar todo o santo dia... É o que dá ficar em investigação. No meu caso não me posso queixar de rapazes, estudar no IST dá para que haja para todos os gostos e feitios! :P

Quanto às diferenças entre a minha altura e agora, há muitas há...

ricardo moreira disse...

realmente é desconcertante sermos atendidos por funcionárias desse estabelecimento..,Pelo que me contaram o sistema de senhas assemelha-se a uma compra de fiambre ou queijo num qualquer hipermercado...

Juani disse...

Os Andrés são de facto uns jeitosos, mas dão cá um trabalho =P

Juani disse...

Qualquer dia tb tenho de recordar o "bom" ambiente que se vivia na minha querida FEUNL... mas por enquanto prefiro nem me lembrar disso e agradecer todos os dias por ter conseguido tirar o curso ;) lol

Luna Tic disse...

É por isso que eu gosto de fazer parte de letras mas de estar a ter aulas noutro edifício. Jornalismo e ciencias da comunicação... o pior é mesmo quando tenho que tratar de alguma questão que requer mais burocracia... a única coisa que eu gosto na faculdade de letras são mesmo os bolos do bar =D
O que mais falta em jornalismo é mesmo gajos... *snif* só uns três ou quatro e mais uns quantos que são trabalhadores-estudante... e profs =/


Saudalunações

Maria João disse...

Ola!!!

Estou de volta, e com mil coisas para te contar :) E para deixar uma perguntar no ar: porque é que as senhoras das secretarias, em geral, raramente sao simpaticas? :)

Beijinhos fofinha

medusasss disse...

lol
Revi-me em tudo o que disseste com uma excepção: Os estudantes da minha faculdade estão muito mais jeitosos que no meu tempo. Na minha altura havia dois, e, e... um dava para o outro lado!

banana disse...

de repente achei que te conhecia...
mas afinal a faculdade onde andei foi a de Lisboa... mas é tudo igual. acho que para pior (esta semana tive que ir lá e está tudo deserto, com muito menos alunos, bares fechados e professores macambúzios).
enfim, acho que a teoria era a de que as Letras deveriam que ter esta aura de melancolia e decadência a lembrar o romantismo para serem geniais e produzirem coisas giras. mas nem por isso... pelo menos a de Lx...