terça-feira, setembro 11, 2007

Sobre o luto

Porque o luto para mim não é vestir de preto e estar super preocupado com os novos modelitos escuros que se vai ter que comprar. É não ter vontade de se vestir nem de fazer nada. Não é vestir de preto e dar grandes gargalhadas. É saber que nunca mais se vai rir da mesma maneira. Não é vestir de preto e ir para a borga com os amigos. É saber que nunca mais nos vamos divertir como dantes.

Luto por convenções sociais ou para mostrar aos outros o quão triste se está, isso sim, é um comportamento de mau gosto.

18 comentários:

joana disse...

Cara Kiss Me,

Alguma vez tiveste a infelicidade de fazer luto por alguém próximo? Digamos... o pai, a mãe... qualquer coisa assim. Porque realmente o luto não é a cor com que te vestes, luto é como te sentes. É um estado de espírito, acima de tudo. E acredita que podes andar às flores e e sorrir, e ainda assim estares de luto. Não sei em que parte de mundo o luto é vivido da forma como o descreves mas, isso é irrelevante porque é difícil ler o que está por detrás de uma grande gargalhada ou de uma borga com os amigos. E seria uma enorme presunção da tua parte imaginares que sabes o que sentem as outras pessoas nestas situações. Porque a verdade é: independentemente do luto ou não, não há receita científica para o mesmo e em última análise, somos nós que ficamos cá e o tempo não pára fazermos luto conforme o "convencionado".

kiss me disse...

Acho que tudo o que disseste só me está a dar razão!!! Que luto é um estado de espírito e não uma cor.

Papoila disse...

100% de acordo. Luto é por dentro e não por fora. Posso estar vestida de vermelho dos pés à cabeça e estar de luto. Triste é haver pessoas que vão criticar...

Poirot disse...

Que coisa mais triste... Asssusta-me pensar que uma morte pode deixar tudo diferente.Mas é tão verdade...

O pensador disse...

Kiss me,estou errado ou este post tem a ver com a morte de alguém da tua familia (chegado ou afastado) e a tua recusa em usar o preto só porque é usual fazê-lo?

MiSs Detective disse...

kiss, sem dúvida! é um estado de espirito jamais será uma cor!

outrosdias disse...

O luto é a "cor" com a qual o nosso coração (e não o nosso corpo) se veste depois da perda de alguém querido.

(embora ache que a tristeza não tem cor)

Anónimo disse...

E quando a pessoa que está a morrer nos pede para vestirmos preto quando falecer, porque no tempo dela o faria, e principalmente nos pede porque sabe k o k pensamos é k o vestir preto nada mostra os sentimentos que temos cá dentro e sabe k nada significa pra nós....
mas a verdade é k nunca vemos ninguem entrar numa igreja em dia de funeral de vermelho... e pensa bem se quando tens de o fazer se n trocas de roupa antes de ir (se tiveres de cores berrantes)... Pq pensas que os outros têm essas convençoes e podem ferir-se numa altura k ja é tao dura.... mas concordo o luto incorpora-se não se veste

iinês disse...

O meu avo, a melhor pessoa do mundo, faleceu ha uma semana. e eu fui ao funeral dele de azul, a cor favorita dele. e não vesti preto desde entao, porque a dor é minha, não é para os outros a verem. a dor está estampada na minha cara, mesmo quando faço piadas com os meus amigos. posso.me rir mas não estou feliz, estou apenas a tentar aliviar a grande falta que ele me faz.
e concordo contigo, as pessoas vestem.se de luto para se ter pena delas mas depois estão na maior.
a minha avó está de luto, mas está por dentro e por fora. Mostra-o na roupa porque assim foi educada, mas por dentro tem um negro ainda pior, e é esse luto que importa, que doi, que magoa.

kiss me disse...

pensador, não. Mas é uma altura em que faz anos que morreu o meu avô e a minha avó.

anónimo, se a pessoa fosse realmente importante para mim e me pedisse isso eu faria mas porque foi um pedido e não por convicção.
Quanto aos funerais, já fui a um velório de cor de rosa porque as pessoas que estavam a sofrer valoriavam muito mais a minha presença do que a cor da minha roupa.

Inês, beijinho grande...

Claudia disse...

Nisso tens razão, não é por usar preto que vamos mostrar o que sentiamos por determinada pessoa, porque muitas vezes utilizam o preto e fazem coisas verdadeiramente escandalosas, mas as "beatas" ligam muito a isso, e são capazes de por uma pessoa no inferno. Enfim... não é nada necessário usar porque é normal... "Normal", diga-se.

I&U disse...

Pensava que andava errado durante anos, sempre disse que não consigo vestir de preto, aliás o preto não é das minhas cores preferidas, desde ai já diz alguma coisa.

O luto é o como nós sentimos, e não a cor que vestimos**

Anónimo disse...

O anonimo fui eu Fofa...(eskeci-me de identificar desculpa!) Concordo plenamente contigo ate porque sou akela desligada dessas coisas e convicçoes k tu sabes.Apenas temos de respeitar os outros, os que gostamos verdadeiramente e se prendem a isso por uma educaçao k tiveram e da qual n concordo nada. Aconteceu-me c a minha avo ela por saber k eu n concordava nada c o luto de aparencias pediu-me pra tentar usar qd ela falece-se, por respeito no dia do funeral usei um cinza ou um preto n sei bem, mas tava agora a pensar e, claro, n me lembro nada do k vesti nakele dia mas lembro-me do k senti...

wednesday disse...

O problema é que isso é um must neste país.

O pensador disse...

Só para dar um pouco mais de sentido a esta conversa,gostaria de dizer que alguns povos, quando uma pessoa morre, festejam a sua morte.

Mas atenção que não é um festejo do estilo:"Até que enfim que já fostes!"

Trata-se de homenagear a vida dessa pessoa de uma forma muito peculiar e demonstrar com isso que a morte é apenas uma passagem para uma nova etapa.

Isso prova-nos que a nossa homenagem pode ser expressa de diferentes formas (mas sempre com grande sentido),sem ser através das nossas lágrimas ou do uso convencional de uma cor...

JoanicaPuff disse...

Olá

Vim aqui por acaso e revi-me neste texto.
Não foi há muito tempo que escrevi sobre o tema, aqui:

http://birras100fronteiras.blogspot.com/2007/05/o-luto-consiste-naquele-periodo-de.html

e aqui:

http://birras100fronteiras.blogspot.com/2007/05/outro-luto.html

(acho que dá para ver que não sei linkar :(

Bjinhos

Lux Lisbon disse...

Já perdi o meu pai...e não vesti preto nem uma única vez...Foi algo pensado, não era assim que iria homenagear mais a vida dele e para além disso, quis impedir a minha submerssão numa depressão dolorosa...A cor não é um estado de espírito mas influencia-nos...ao ponto de ficar triste por ver a minha mãe de preto...e de quando ela abandonou a cor ter jurado que nunca mais a vestiria.

Hugo Jorge disse...

Aconselho a leitura deste artigo:

http://dr-hugo-jorge.blogspot.com/2007/10/o-luto.html

Hugo Jorge
http://dr-hugo-jorge.blogspot.com/