quinta-feira, junho 22, 2006

A Praia

Hoje voltei à praia onde tudo começou. Quase um ano depois lá fui eu, com a mesma amiga, com mais vento e com menos expectativas. Não é que seja uma praia assim paradisíaca, o estacionamento é terrível, a paisagem (fábricas e mais fábricas) do pior, o mar estava horrível, o vento muito forte e mesmo assim gosto desta praia. Mal cheguei veio tudo à memória. Os calções azuis e cinzentos, os primeiros olhares, os comentários com as amigas, a oferta de boleia, o caminho até ao meu carro, as primeiras conversas ("andas na Faculdade de Letras, não andas?"), a troca de sorrisos através do espelho retrovisor, as primeiras mensagens.

Hoje, mal cheguei e olhei para a frente, vi um vulto familiar. "Aquele não é o X?", pergunto eu à minha amiga. "Não sei. Tu é que o conheces", disse ela. E é verdade, eu conheço-o muito bem. E mesmo sem óculos, mesmo a 50 metros de distância, reconheci o jeito de mexer no cabelo, o jeito de andar, o corpo, os peitorais, tudo. Como já não o consegui apanhar resolvi brincar e mandei uma sms: "esse verde fica-te a matar". "Onde tas?", pergunta ele, admirado, sem saber que eu estava sequer naquela praia. "Na esplanada, sobe". E foi assim. Passado um bocado lá estava eu, com ele ao lado, quase um ano depois. E quase um ano depois, aqui nesta praia, estava tão bem ao lado dele que, apesar de tudo, não posso amaldiçoar o dia em que o destino (como ele disse) resolveu juntar dois estranhos que se cruzavam e se olhavam por entre os corredores da Faculdade de Letras...

8 comentários:

Jaime disse...

Coincidência feliz. :-)

Vais aproveitar o jeitinho do destino e recomeçar a relação? Olha que o destino não te vai dar estas ajudas muitas vezes!

Luisa Seabra disse...

o destino gosta de nos pregar partidas!!!! e é assim, há pessoas q estão destinadas a encontrarem-se, a perderem-se e a reencontrar-se de novo!

Lipa disse...

Se não se separaram melhor ainda!
Então deve ter sido assim, um dia assim tipo "já estive aqui, já vivi isto" mas agora melhor ainda...
Espero que sejas mesmo muito feliz!

Esteleve disse...

Sabes que sou uma romantica incurável...e achei linda a tua mensagem.

Resta-me dizer-te que espero que ele esteja sempre ao alcance de uma mensagem e de um olhar, porque tu és única...

(se isto estiver demasiado cor-de-rosa, permito a eliminação deste comment :)) mas não podia deixar de o dizer..)

little_blue_sheep disse...

...hehehehe...
:D
bjokas e bom são joão!!!
;)

Lowprofile disse...

A Vida é mesmo a arte do encontro ;) neste caso, um reencontro feliz, espero.

nessy disse...

texto lindissimo!! e mto bem escrito !! ou não seria de uma menina de letras ! ;)

Rosa Cueca disse...

Pensamos sempre no "e se..." acho eu.
E é bom ter coisas destas para guardar, mesmo que sejam feitas de encontros e desencontros.